Eduardo Furbino

o que te bate no peito
é memória e vontade de
ver no que vai dar
o sangue é o barco do desejo
e ele navega por veias
tão largas quanto sonhos
ligando corpos a mentes
ligando passados a
presentes entregues
pelo futuro.
o que te bate no peito
é músculo, é claro que é,
mas tudo é músculo
para quem sabe que é preciso
carregar a vida nos braços
se quisermos sair do lugar.

--

--

Photo by Jackson David on Unsplash

eu toco você
dedos longos, prosa curta
perfume de estrelas impregnando a pele
— tão bela a lua!
eu sinto
nas mãos tão largas quanto o medo
você se desfazer feito terra
onde se enraíza o meu apego
o que você quer?
gotas de suor escorrem
derreto, liquefeito,
em sua boca: uma taça
tão próximos. . .
se gênios existissem
a nos oferecer…

--

--

Photo by JJ Ying on Unsplash

then there will be a
brief moment in time
when you will think you can do
everything you want
that moment will last for
80, maybe 90 years,
and when it ends
you will realize that yes
you did do everything
everything you could.

--

--

Photo by Marc Szeglat on Unsplash

seu toque
na minha pele
mais parece
o choque de uma
cadeira elétrica
me tirando deste mundo
saldando minhas dívidas
abrindo diante de mim os
portões dos céus
enquanto abro você
e um mar de fogo
mais quente que
mil infernos
queima meu corpo
inteiro.

--

--